quinta-feira, março 07, 2013

PENSAMENTO GREGO: XENÓFANES




OS ELEATAS: XENÓFANES DE COLOFÃO – A filosofia eleática representa uma importação grega e precisamente jônica, para a Italia do sul. O fundador da assim chamada escola, do lugar onde ela floresceu, Eléia, é Xenofanes, nascido em Colofão, na Asia Menor, pelos anos 580-75 a.C. ele foi poeta, sábio e rapsodo, cantando seus poemas atra´vés da Grécia. Quando os persas avançaram vitoriosos para a Jonia, fugiu de sua terra natal em 546, e, apos longa peregrinação, estabeleceu-se em Eléia, colonia jonica da Magna Grecia, onde fundou sua escolacom mais de noventa anos. Ele expôs as suas concepções filosoficas em um poema doutrinal A natureza, de que restam fragmentos, onde ele expos idéias filosoficas, narrando fatos sobre a invasão dos medas e sobre sua vida pessoal. Além disso, deixou poemas satíricos, criticando, em nome das novas idéias filosoficas, a mentalidade vulgar, particularmente quanto à concepção do divino, criticando decididamente o politeismo e o antropomorfismo de Homero e Hesíodo – que nada mais representam que a concepção popular, vulgar da religião e do divino – sustenta que há uma unica substancia divida, eterna e imutável, tudo abraçando e governando com o pensamento. Vale dizer, lança as bases do monismo acósmico, a caracteristica dos eleatas. Apoiado na visão do universo como constituido a partir de uma única origem, a arché, que os pensadores jonicos qualificavam de divino, Xenófanes proclamou que “Um deus supremo entre os deuses e os homens; nem em sua forma, nem em seu pensamento é igual aos mortais”. Começava o combate aos deuses antropomórficos, gerdados da tradição homérica. Fez-se famoso pelos ataques contra Tales, Pitágoras e Parmênides.
Xenófanes determinou primeiro o ser absoluto como o um: “O todo é um”. Designou isso também Deus; afirmou que Deus está implantado em todas as coisas, que ele é supra-sensível, imutável, sem começo, meio e fim, imóvel. Em alguns de seus versos diz ele: “Um Deus é o maior entre os deuses e os homens, e não é comparável aos mortais, nem quanto à figura nem quanto ao espírito”. E: “Ele vê em toda parte, pensa em toda parte e ouve em qualquer lugar”. Então, o verdadeiro somente é que Deus é o um – não no sentido de que haja um deus (isto é, uma outra determinação), mas de que ele é apénas este igual a si mesmo; nisto, pois, não está contida outra determinação que na afirmação da Escola Eleática. “É impossíevl que algo venha do nada. Mas quer tudo tenha surgido, quer apenas nem tudo seja eterno, em ambos de casos viria do nada. Pois, se tudo tivesse surgido, antes nada poderia ter sido. E se apenas algumas coisas fossem e delas todo o resto se originasse, então, este um, do qual todo o resto (que aparece) surgiria, tornar-se-ia mais e maior. Mas o mais e o maior se originariam, desta maneira, do nada de si mesmo; pois no menos não está contido seu mais, nem no menor seu maior. Tampouco pode algo surgir do ente, pois o ente já é, e não surge desde o ente”.

FONTES:
ARANHA, Maria Lucia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: Introdução à Filosofia. São Paulo: Moderna, 1994.
CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Atica, 2002.
MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.
PADOVANI, Umberto; CASTAGNOLA, Luis. Historia da Filosofia. São Paulo: Melhoramentos, 1978.
PESSANHA, José Américo Motta (Org). Os pré-socraticos. São Paulo: Abril, 1978.
SOUZA, José Cavalcante. Os pré-socrático. São Paulo: Abril, 1978.




Veja mais sobre:
Por você na Crônica de amor por ela, Safo, Gilles Deleuze & Félix Guattari, Autran Dourado, Regina Silveira, Khadja Nin, Alexandre Dáskalos, Sam Taylor-Wood, Erika Leonard James, Eduardo Schloesser, Dakota Johnson & Kel Monalisa aqui.

E mais:
Darcy Ribeiro, Autran Dourado, Damaris Cudworth Masham, Loius Claude de Saint-Martin, Juan Orrego-Salas, Irina Vitalievna Karkabi, Doença & Saúde aqui.
Farra do Biritoaldo aqui.
Educação Ambiental aqui.
Albert Camus, Maceió, Robert Musil, Denys Arcand, Jools Holland, Eugene Kennedy, Pál Fried, Sandu Liberman, Lady Gaga, Anna Luisa Traiano, Gestão do Conhecimento & do Capital Humano aqui.
Judicialização do SUS aqui.
Educação por água abaixo pra farra dos mal-educados aqui.
Depois da tempestade nem sempre uma bonança aqui.
É preciso respeitar as diferenças aqui.
Pra fazer do Brasil um país melhor tem que começar tudo em casa aqui.
A teoria de Anthony Giddens & a Introdução à estética de Ariano Suassuna aqui.
Solidariedade aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.



FAULKNER, PIVA, BOURDIEU, FUREDI, LIA CHAIA, VITOR DA FONSECA, PALHAÇOS, SOCORRO DURÁN & AMANDA DUARTE

POETASTRO METE AS CATANAS SEM ENTENDER DO RISCADO – Imagem: Xilogravura de Amanda Duarte. - Nada dava certo mesmo pras bandas do Doro, tud...