quinta-feira, agosto 28, 2008

HORÁRIO ELEITORAL PUTO DA VIDA & OUTRAS PRESEPADAS TATARITARITATÁ!!!


ANTES DE MAIS NADA: EU QUERO COMER A DANI CALABRESA!!!



DORO APAIXONADÍSSIMO (DE NOVO?!?!) - O Doro endoidou de vez. Quando ele viu a Dani Calabresa se apresentando na televisão, pirou. O cara ficou fascinado pela atriz e humorista paulista Dani Calabresa a ponto de vasculhar tudo e comprar um caderninho e anotar tudo dela: fotos, dados, cartazes. Por exemplo: ele sabe o nome dela de verdade: Daniella Giusti. Sabe que ela nasceu no dia 12 de novembro de 1981, em São Bernardo do Campo: uma escorpiana corintheana de 27 aninhos, hem, hem. Aí ele fica desorientadíssimo com aquele ar de quem caiu do vagão do trem, batendo uma puta duma punheta macha e escrevendo em cima das fotos e cartazes: - Eu quero comer a Dani Calabresa! Eu quero comer a Dani Calabresa! Ôxe, até eu tô nessa, ora!!!

PENSAMENTO DO DIA -Quando de forma dolosa ou mesmo inadvertida, culposa ou inconscientemente agimos, ao infringir a lei natural, será cobrada a lei cármica e, consequentemente, o castigo que disso advirá. Em vista disso, toda vez que passar ou estiver passando por revezes ou infortúnios, reflita sobre isso: a culpa de tudo é sua. Esteja certo disso: você é o único culpado. Saiba sempre: você será amanhã pelo que faz, pensa e semeia hoje.
 



AGORA, A MERDA DO HORÁRIO ELEITORAL GRATUITO: A HORA E VEZ DO CIUÇO DA PORRA!!! - É evidente que um sujeitinho desse só pode ser ficção. Mas não, qualquer semelhança com algum prefeito é mera coincidência. Tanto é que o Ciuço é desses que sonha e sonha, peida e caga, imita Bushit (aquele que não ganhou, mas levou) e tenta seguir os passos e o caminho das pedras de outro pariceiro seu: o Ciuço Almeida, de Maceió (com uma diferença: não terá um João Lyra por paitrocínio, né?). Tanto é que ele sonha ter o maior poder do mundo para dar aquela cagada global e botar o nome dele em tudo quanto é prédio. Procede, imitação barata: o Bushit deu e dá cagada no mundo inteiro como a porra, não será novidade. E o Ciuço Almeida também fez seus tolotes ineivados em Maceió: entre muitos e outros deixou no penico, na privada e na vida do maceioense o fato de colocar até o seu próprio nome no prédio da Procuradoria Geral Município. Pode? Ah, se 1 Ciuço pode, 2 Ciuços phodem muito mais, ora! Aí vem o coro com aquela musiquinha sacana de campanha: 1 Ciuço só chateia muita gente, 2 Ciuços chateiam, chateiam, chateiam! Quando 2 Ciuços chateiam muita gente, 3 Ciuços chateiam muito mais!!!

EITA, PARÓDIA DA CAMPANHA DO CIUÇO! - A mundiça do escárnio não perdoa e anda parodiando a música de campanha do prefeito Ciuço Almeida de Maceió: Maceió pra puta que pariu, tem o pior prefeito do Brasil.

OUTRA DAS OUTRAS, EITA PAU!!! - Depois dos gabirus, taturanas e outras pestilências incruadas com seus bilhões de golpes nos poderes alagoanos, um dia lá não sei quando  a Receita Federal descobriu outra fraude (mais uma!?!) não menos escandalosa. É o seguinte: deu na imprensa local que simplesmente 917 empresas alagoanas estavam aplicando um golpe de R$ 653 milhões no erário público, cobrando como créditos do Governo Federal quando na verdade fraudaram as contribuições de PIS/PASEP e Cofins. Dessas 917 empresas, apenas 26 – as graúdas, com certeza - ficariam com cerca de R$ 615 milhões + perdão do Produban, dividas roladas pra nunca mais, isenções ajeitadas, vista grossa nas sonegações & etc etc etc. Ô farra boa, hem? O restante eram sobras das migalhas para as outras 891 reais e fantasminhas MEs, MPEs, PMEs e etc & tal que engalobam com sonegação e jogatinas a vida dos alagoanos. Mais uma, ponto pros OSA - Ogros Sacanas de Alagoas! Placar, uma lavagem de chocolate azedo: OSA 356 x -0 povo alagoano. Isso é Brasilsilsilsilsilsilsilsil!!!!!!

VEJA MAIS:


Veja mais sobre Revolução copernicana ao contrário, Luis Cernuda, Herberto Sales, Radamés Gnatalli, Norma Benguell, Roberto Szidon, Stella Miranda, Wilman Emir Causa Acero, Appolonia Saintclair, Literatura Infantil & A democracia na América Latina aqui.

E mais:
Ramakrishna Paramahamsa, Maria João Pires, Rodolfo García Vazquez, Woody Allen, Richard Bach, Lilia Silvestre Chaves, Cléo de Páris, Apollonia Sainclair & Miklos Mihalovits aqui.
Fecamepa: a cana dos coronéis aos mamoeiros aqui.
Frevo nenhures, ok? ou sabotaralguém, Paul Ricoeur, Georges Bataille, Ferreira Gullar, Cacilda Becker, Joseph L. Mankiewicz, Henry Purcell, Ava Gardner, Allen Jones, Literatura Infantil & Mario Zanini aqui.
Fecamepa: quando o estreitamento do compadrio está acima da lei, aí, meu, as panelinhas mandam ver e só os privilegiados se banqueteiam aqui.
Fecamepa: quando um país vive só de nhenhenhém, não dá outra: o pencó engancha na cornice e nada vai pra frente aqui.
Graciliano Ramos, Gonçalves Dias, Martins Pena, Marianne Rosenberg, Rhonda Byrne, Lucia Santaella, Im Kwon-taek, Domingos Sequeira, Lee Hyo-Jeong & Randy Bordner aqui.
 
CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Eleitora parabenizando o Tataritaritatá!
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA

Paz na Terra
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.
 

quarta-feira, agosto 27, 2008

MAURREN MAGGI


MUSA TATARITARITATÁ: MAURREN MAGGI
MAURREN MAGGI – a atleta paulista Maurren Higa Maggi que atua na modalidade salto em distância, 100m com barreira.




Ela tornou-se o maior nome da história do atletismo feminino brasileiro ao ganhar a medalha de ouro na prova de salto em distância dos Jogos Olímpicos de Pequim, de 2008, saltando 7,04m.




Na preparação olímpica no início de 2008, Maurren saltou 6,89m no Mundial de Atletismo Indoor, na Espanha, e conquistou a medalha de prata.


No Troféu Brasil de Atletismo, em junho de 2008, Maurren conquistou a medalha de ouro com a marca de 6,99m, o segundo melhor salto do mundo do ano.


Ela é a recordista brasileira e sul-americana do salto em distancia, com uma marca de 7,26m e bicampeã pan-americana em Winnipeg 1999 e Rio 2007 na mesma prova.


Ela já foi bronze no Mundial Indoor, campeã Pan-americana, campeã Mundial Universitária, campeã do Goodwill Games e campeã da Final do Grand Prix da IAAF.


Maurren Maggi é linda e é ouro, Brasil!!!!

VEJA MAIS:
MUSA DA SEMANA



Veja mais sobre:
Dignidade humana aqui, aqui e aqui.
Educação aqui, aqui e aqui.
Meio Ambiente aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

E mais:
Pra saber viver não basta morrer, Leonardo Boff, Luchino Visconti, Emerson & Lake & Palmer, Núbia Marques, Felicitas, Pedro Cabral, Psicodrama & Teatro Espontâneo aqui.
Literatura de Cordel: História da princesa da Pedra Fina, de João Martins de Athayde aqui.
A arte de Jozi Lucka aqui.
Robimagaiver: pipoco da porra aqui.
Dhammapada, Maslow, Educação & Responsabilidade civil da propriedade aqui.
O romance e o Romantismo aqui.
A arte de Syla Syeg aqui.
Literatura de Cordel: Brasi caboco, de Zé da Luz aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
 Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra:
 Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.



terça-feira, agosto 26, 2008

VOTO MORAL: VAMOS APRUMAR A CONVERSA



VOTO MORAL

Luiz Alberto Machado

A consolidação indubitável da democracia é confirmada, dentre outras ações, pelo exercício pleno do voto. Por resultado de tal participação, a escolha individual se reflete no anseio da coletividade, formando, assim, livremente, os desígnios da população.

Afinal, com o embate eleitoral nasce o nosso discernimento para optar por aquele que represente bem os nossos objetivos, muito embora a gente nunca tenha acertado. Pelo menos tentamos e precisamos tentar sempre.

Infelizmente, com a pugna dos candidatos nasce o caos e, com ele, uma grita de discordâncias que vai se insinuando até se acentuar claramente sobre a nossa preferência.

Na verdade, é um zoadeiro dos diabos que não leva a lugar nenhum. Isso porque se é para o bem da democracia, temos de fazer cumprir o nosso papel.

Por causa disso somos molestados por despropósitos imensuráveis e imblóglios que mais confundem as já tacanhas frivolidades de metas nas arguições fúteis dos postulantes. É cada patranha chega dar nos nervos.

Virulentamente invadem com propostas perniciosas e inócuas a nossa santa paciência, carregados de imposturas e engodos, como o de salvar a humanidade de mais de milhares de anos de vícios em apenas um mandato.

Os detentores dos despautérios se comprometem a melhorar nossa condição de vida, quando tal propositura foge das esferas de tal pleito.

Para se ter uma idéia do desplante, os intrépidos sequer encaram de frente as contradições sociais já imanentes nas questões por eles advogadas, desconhecendo totalmente a tragédia que há por trás da nossa sobrevivência. Inclusive, muitos dos que estão agora pleiteando cargos eletivos já tiveram oportunidade de representar nossa gente. E, apesar disso, nada fizeram ou se tem feito para amenizar as rachaduras de tais contradições. Pelo contrário, avalizaram o tempo todo tais controvérsias.

No entanto, esses incólumes pretendentes prometem deus e o mundo, azucrinando não só com os seus portentosos carros-de-som nossos ouvidos, com as mais fervorosas aparições, com discursos de meia tigela, encardidos pela força do tempo, com a imunidade dos santos e a impunidade dos desmiolados.

Mesmo assim, desprestigiados sob a pecha da ineficiência, fazem tudo para chamar atenção, não conseguindo esconder no bojo de suas candidaturas que por trás das decisões políticas, há todo um processo de acordo, conchavos e pizzas. E que no final das contas, sobra pra gente mesmo. E só.

Perdulários, insistem em não admitir que o legislativo seja um antro de aves de rapinas, sedentas de poder; que o executivo seja o ninho das raposas obesas, sentadas sobre o baú dos interesses gerais; e que o judiciário seja a preguiça absorta, contando cifrões e sentenças prescritas.

Falastrões, apenas, com discursos distantes da ação inventam de tudo antes da eleição. Depois, quem vê o cara de novo morre, só 4 anos depois mesmo quando eles precisam abrir os dentes, os braços e o bolso de novo. Sem contar a nossa triste recaída de reeleger as trepeças mais reincidentes da história. Eu mesmo só vejo todo mundo dizer que fulano dos grudes não podia ser sequer eleito, quando, na verdade, o sujeitinho já tem 5 ou 6 mandatos encarreados, reeleito ninguém sabe como. Coisas do Brasil mesmo.

Contudo, devemos exercer o voto seguindo o critério moral, seja na majoritária, quanto nas proporcionais.

Vigilantes. O voto deve ter o sentido do dever cumprido para produzir efeitos benéficos e cobrar dos nossos eleitos que alijem todos os trapaceadores que sequer ruborizam diante do flagrante dos seus próprios pecados.

O sufrágio universal é a nossa subscrição voluntária na participação de nossa posição antagônica mediante tantos descalabros.

Precisamos exercer a cidadania e, com ela, pleitear condições mais favoráveis de vida. E isso votando consciente para que o Brasil possa contar, de verdade, com o brasileiro.

VEJA MAIS:
A PRAGA DO VOTO VENDIDO
FECAMEPA
 

Veja mais sobre Nascente, John Rogers Searle, Ludovico Ariosto, Antonín Dvořák, Michael Frayn, Kimberly Peirce, Yayoi Kusama, Literatura Infantil, Matthew William Peters, Mara Altman, Chloë Sevigny & Hilary Swank aqui.


E mais:
Exórdio, João Guimarães Rosa, Sofia Gubaidulina, Quintiliano, Carlo Goldoni, Tsai Ming-liang, Howard Rogers, Revolução de 1817, Alberta Watson, Zinaida Serebriakova & Sandra Magalhães Salgado aqui.
Guilherme Vaz, José de Alencar, Mariza Lacerda, Stela Freitas, Sergio Bernardes, Moira Kelly & Simone Moura e Mendes aqui.
Hermeto Pascoal, Jorge de Lima, Djavan, Arriete Vilela, Pedro Cabral & Íbys Maceioh aqui.
Nênia de Abril, Hanif Kureishi, Paul Valéry, Jacob Levy Moreno, John Coltrane, Augusto de Campos, Joana Fomm, Tamara Karsavina, Projeto Escola de Arte Cidadã, Carl-Henning Pedersen, Literatura Infantil & Neurociência e educação aqui.
Sulamita, minha filha & as previsões do Doro aqui.
Goethe, Mestre Eckhart, Lúcio Cardoso, Nelson Rodrigues, Myriam Taubkin, Leonardo Mota, Chen Kaige, Gong Li, Spencer John Derry & Quem tem cu tem medo aqui.
Fecamepa à República aqui.
Elvira, a debutante do coronel, Agostino Carracci, Ísis Nefelibata & as previsões do Doro aqui.
O amor mais que de repente, Cristina Kolikoviski, Agostino Carracci, Sasha Alexander & as previsões de Doro aqui.  



CRÔNICA DE AMOR POR ELA

Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.

 

ARIANO, LYA LUFT, WALLON, AS VEIAS DE GALEANO, FECAMEPA, JOÃO DE CASTRO, RIVAIL, POLÍTICAS EM DEBATE & MANOCA LEÃO

A VIDA NA JANELA – Imagem: conversando com alunos do Ginásio Municipal dos Palmares - Ainda ontem flores reluziam no jardim ornando muros...