domingo, fevereiro 14, 2016

VITALY, VERSOS, FALAS, ARTES, CARAS & BOCAS DE LUCIAH LÓPEZ



VITALY: PALAVRAS DE VIDRO – Entre os poemas da poeta e blogueira paranaense Luciah Lopez, recolhido do seu blog Palavras de Vidro, destaco a poesia Vitaly: O céu é o limite / na celebração / do meu destino. / O eclipse ocorreu / na minha vida / purificando minh’alma / valorizando instintos femininos. / Transformando sonhos / em banhos de vida / unindo surpresas / do coração / com a essência do bem estar. / Numa terapia estampada / meu corpo suavemente / é preparado para tudo. / Porque ser mulher / não é somente um prazer / E sim / Uma arte. Veja mais dela aqui e aqui.

 

ENTREVISTA – Primeiro ela foi destacada no meu blog Varejo Sortido, contemplado alguns dos seus poemas, em 2011. No mesmo ano, selecionei alguns dos seus ótimos poemas eróticos e os fiz publicar no meu blog Crônica de Amor Por Ela. Em 2014, ela foi inserida como homenageada na Campanha Todo dia é dia da mulher. Agora faço um novo destaque da dimensão literária dessa admirável escritora, artista visual e blogueira paranaense que edita os blogs Palavras de vidro: toda palavra nua, é branca reunindo o seu acervo poético, o Algodão doce e poesia com seus trabalhos para o público infantil, o Orvalho reunindo seus haicais, o Palavras no papel: crônicas, contos e prosas e o saborosíssimo e tentador Arquétipo, reunindo seus textos eróticos. Ela também reúne seus trabalhos literários no Recanto das Letras. Agora, pra vocês, Luciah Lopez.

LAM - Luciah, vamos pra pergunta de praxe: quando e como se deu seu encontro com a Literatura?

LL - Foi através do meu pai. Quando eu era criança, era bastante comum, as pessoas receber em casa os representantes das editoras vendendo livros de romances e as famosas enciclopédias. Quem não teve uma Enciclopédia Barsa, por exemplo?! E aos oito anos de idade ganhei o meu primeiro livro e foi através de José Mauro de Vasconcelos que eu fui apresentada a Literatura. Veja detalhes da entrevista AQUI.

 

ALGODÃO DOCE - Desde menino, quando era festa do oito da padroeira, dezembro de natal e todos os desejos, não fossem roletes de cana, amendoim, carrosséis, domingueira nos trinques e muito amostramento, a gente voava com o algodão doce na frente do Apolo, pra ir da catedral da matriz por entre estrelas de ano novo. © Luiz Alberto Machado. Direitos reservados. Algodão doce é um encantador blog dedicado ao público infanto-juvenil e editado por Luciah Lopez, no qual a poeta publica seus trabalhos para o público-alvo, contando histórias de lagartixas, passarinhos, sapos, jabutis, macacos, pulgas, enfim, toda a nossa relação com o mundo animal. Veja aqui.


VEJA MAIS DELA E PRA ELA:






















































VEJA MAIS TAMBÉM:
Cordel Tataritaritatá aqui.
Trela Farola aqui.

Fecamepa & o descobrimento do Brasil aqui.
Proezas do Biritoaldo aqui.  
As trelas do Doro aqui.


Ramakrishna Paramahamsa, Richard Bach, Rodolfo García Vazquez, Humor & Literatura Erótica, Woody Allen, Maria João Pires, Lilia Silvestre Chaves, Miklos Mihalovits, Cléo de Páris, Chloë Sevigny, Amanda Peet, Radha Ran & Apollonia Sainclair aqui.


Lev Vygotsky, Gabriel García Marquez, Elizabeth Barrett Browning, Michelangelo, Flora Purim, Cyrano de Bergerac, Andrzej Wajda & Anna Much aqui.


Igor Stravinsky, Dostoiévski, Joseph Tomanek, Bioética, Saulo Laranjeira, René Clair, Veronica Lake, Erich Sokol, Jucimar Siqueira – Mazinho & Meimei Corrêa aqui.

 CRÔNICA DE AMOR POR ELA

Imagem: A daughter of the oriente, do artista plástico estadunidense Frederick Mulhaupt (1874 – 1939).


Veja aqui e aqui.

CANTARAU TATARITARITATÁ
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja aqui e aqui.




OSWALD, FOUCAULT, ELIANE ELIAS, WHITEHEAD, FESTIVAL ARTE NA USINA, GRIMM, TERRA CHAPMAN, AGLAURA CATÃO & SÃO JOAQUIM DO MONTE

A MÚSICA É DELA – Imagem: art by Terra Chapman . - Lá vem ela cabelo ao vento com sua chuva de verão e ilha de Gauguin a embalar meus sonh...