quinta-feira, março 07, 2013

HELEIETH SAFFIOTI, MARTTA NASCIMENTO, A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER & POETAS DO BRASIL




GÊNERO, PATRIARCADO, VIOLÊNCIA – O livro “Gênero, patriarcado, violência”, de Heleieth I. B. Saffioti, aborda questões acerca do conceito de violência, o tabu do incesto, o gênero, raça/etnia, poder, a mulher brasileira nos espaços publico e privado, o conceito de gênero, a violência contra as mulheres, o conceito de patriarcado, a lesão corporal dolosa, o significado da biolência, os pontos de referencia, a violência domestica, delegacias de defesa da mulher, a maquina do patriarcado, as origens do conceito de gênero, gênero e poder, gênero e patriarcado, gênero e ideologia, interpretação patriarcal do patriarcado, gênero versus patriarcado.

FONTE:
SAFFIOTI, Heleieth. Gênero, patriarcado, violência. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004.

O PODER DO MACHO – O livro “O poder do macho” de Heleieth I. B. Saffioti, aborda temas como os papeis sociais atribuídos às diferentes categorias de sexo, a quem serve a relação de dominação da mulher pelo homem, a supremacia masculina na sociedade capitalista, contradições da ideologia liberal, uma estratégia de luta e se vale a pena lutar, entre outros assuntos.

FONTE:
SAFFIOTI, Heleieth. O poder do macho. São Paulo: Moderna, 1987. Confira mais a respeito aqui, aqui, aqui e aqui.


 A POESIA DE ARI LINS PEDROSAPernambuco do tupi buraco no mar. / É de amar, a história / Deste povo, conquistada com glória. / Nassau, foi o urbanizador do Recife até no ar. / O frevo, freneticamente, apruma / O pernambucano da vida. / Bendito é o bloco Galo da Madrugada, / Unindo pessoas, num mar sem espumas. / Buchada de bode, caranguejada com cana... / Arrumadinho, bolo de rolo... servidos na porcelana. / São pratos citados de memória. / Escute: a Banda de Pífano, nascida / Em Caruaru e as histórias recolhidas / De Frei Damião (religioso da região). Poema Pernambuco – Capital Recife, extraído do livro Meus Estados, Meu País, do poeta paraibano radicado em Maceió, Ari Lins Pedrosa, autor de diversas obras e dita o alternativo Notas Literárias há quase duas décadas. Veja mais dele aqui, aqui, aqui, aqui e aqui.

A EXPRESSÃO DO SILÊNCIO DE ANA PAULA FUMIANQuantas frases não ditas no espaço desse tempo. Eu corro do escuro pra ver a luz dos seus olhos. Subo no muro que separa nossos corações. Entendo que nosso destino está na contra mão. Eu me esquivei do seu sorriso mas cai no seu olhar, do meu céu eu vi seu céu com todas suas estrelas contornando a imensidão. Seu reflexo no espelho me tira o sentido... Não quero mais a realidade como um abrigo na noite, nem quero a caridade das canções que falam de amor. Quero o estar dos dias, nas brisas dos pensamentos que você rouba de mim ao poucos. Quero as frases não ditas, gravadas no meu ser, como tudo que há de lindo em você, mas que de alguma forma passou a existir dentro de mim... Poema em prosa da escritora e letrista mineira Ana Paula Fumian. Confira mais dela aqui.

A POESIA HOJE DE FREDERICO SPENCER - Hoje sou tudo teu / Para que juntes pedaços / E me colhas desse frio. / Um leite quente me sirvas: / Hoje, teu menino / Em teu ventre estou / Preciso – cuidado / Que me adormeças / Em navios piratas, viaje / Com cigarras, cante / A baratinha da neve, salve. / Hoje não quero ser o lobo / Venho pra teus braços e / Minha cabeça no teu colo, deito / E espero tua mão / Em meus cabelos / Cantigas de ninar cantes. / Hoje morto de cansaço / Faço de ti o cais: / Nas barras de tuas saias. / Nesta noite criança, sou / É preciso, que não durmas / Hoje sou medo vazio / Indomável solidão escura. Poema Hoje, extraído do livro Abril Sitiado (Bagaço, 2011), do poeta, sociólogo e psicopedagogo pernambucano, Frederico Spencer. Veja mais dele aqui, aqui, aqui e aqui.

O LOUCO AMOR DE ZA’ZA – SUZANA JARDIMAh! Essa loucura. / Sem ela, / Nada seria. / Esse Amor! / Sem ele, / Nada seria. / Essa vida! / Sem ela, / Nada seria. / Com todo esse amor, / Tive de tudo. / Uma vida de amor / Uma louca vida. / Enfim, /Um louco amor pela vida! Poema Louco amor, da poeta, artista plástica & ativista ambiental Suzana Jardim – a Za´za Jardim -, que realiza uma obra de arte contemporânea. Veja mais dela aqui e aqui.

ENTREVISTA DE MARTA NASCIMENTO: TODO DIA É DIA DA MULHER – A radialista, poeta, apresentadora de TV, compositora e cantora paraibana radicada em São Paulo, Marta Nascimento, concedeu pra gente em 2011, uma interessante entrevista. Confira detalhes aqui.


Veja mais sobre:
Por você na Crônica de amor por ela, Safo, Gilles Deleuze & Félix Guattari, Autran Dourado, Regina Silveira, Khadja Nin, Alexandre Dáskalos, Sam Taylor-Wood, Erika Leonard James, Eduardo Schloesser, Dakota Johnson & Kel Monalisa aqui.

E mais:
Darcy Ribeiro, Autran Dourado, Damaris Cudworth Masham, Loius Claude de Saint-Martin, Juan Orrego-Salas, Irina Vitalievna Karkabi, Doença & Saúde aqui.
Farra do Biritoaldo aqui.
Educação Ambiental aqui.
Albert Camus, Maceió, Robert Musil, Denys Arcand, Jools Holland, Eugene Kennedy, Pál Fried, Sandu Liberman, Lady Gaga, Anna Luisa Traiano, Gestão do Conhecimento & do Capital Humano aqui.
Judicialização do SUS aqui.
Educação por água abaixo pra farra dos mal-educados aqui.
Depois da tempestade nem sempre uma bonança aqui.
É preciso respeitar as diferenças aqui.
Pra fazer do Brasil um país melhor tem que começar tudo em casa aqui.
A teoria de Anthony Giddens & a Introdução à estética de Ariano Suassuna aqui.
Solidariedade aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.