domingo, janeiro 03, 2016

NÉLIDA PIÑON & TODO DIA É DIA DA MULHER


NÉLIDA PIÑON: O PRESUMÍVEL CORAÇÃO DA AMÉRICA - [...] A memória da mulher encontra-se na Bíblia. Ainda que não tivesse sido ela interlocutora de Deus. Esta memória encontrava-se igualmente nos livros que não escreveu. Uma memória que os narradores usurparam enquanto vedavam à mulher o registro poético de sua experiência [...]. Em algum lugar dessa mulher, e unicamente ali, alojaram-se para sempre os espinhos das intermináveis peregrinações humanas sobre a terra, sem os quais nenhuma obra de arte teria sido escrita. Portanto a mulher bem pode proclamar, em nome do legado que cedeu à humanidade, ser ela também a outra cara de Homero, de Shakespeare, de Cervantes [...] Na condição de latino-americanos, somos nômades, funâmbulos, poetas. Transeuntes de uma arqueologia alimentada de gêneses e culturas variadas. Máscaras complexas e amorosas, compostas de melancolia, tristeza, alegria, dissimulação. Imersos no turbilhão de nossa amplitude, conceituamos coisas, seres, perspectivas inovadoras. [...] Uma humanidade que arrasta no rosto, nas invenções lingüísticas, nas emoções desabridas, as marcas das fusões culturais aqui perpetradas [...] Trecho do livro O presumível coração da América (ABL/TopBooks, 2002), da escritora Nélida Piñon. Veja mais aqui, aqui e aqui.


Veja mais sobre:
O Sol nasce para todos aqui.

E mais:
Dos dias, a mulher, Albert Einstein, Viktor Frankl, Henri Matisse, Gilberto Gil, Mark Twain, Milos Forman, Rita Guedes, Natalie Portman, Naoki Urasawa, Kátia Velo & Alfredo Rossetti aqui.
Cleópatra & Todo dia é dia da mulher aqui.
Gaia – Mãe Terra, Isaak Azimov, Caetano Veloso & Teresa Filósofa aqui.
Michel Foucault, A poesia dos deuses, Antropologia Jurídica, Educação Ambiental, Fecamepa & Psicologia Social aqui.
Os seios da mulher amada aqui.
Junichiro Tanizaki, Sandra Werneck, Louis Jean Baptiste Igout, Asha Bhosle, Heloisa Maria, Márcio Baraldi, Lucy Lee, Vilmar Lopes, Raimundo Fontenele, Internet & Inclusão, A mundialização da cultura & a Gestão do Capital Humano aqui.
A deusa Inanna & a mulher suméria, Poema em voz alta, Mallarmé, Paul Cézanne, Marquês de Sade, Pasolini, Karina Buhr, Maryam Namazie, Leroy Transfield, Frederico Barbosa, Olivia de Berardinis & Mozart Fernandes aqui.
A croniqueta de antemão aqui.
Todo dia é dia da mulher aqui.
Fecamepa aqui e aqui.
Palestras: Psicologia, Direito & Educação aqui.
Livros Infantis do Nitolino aqui.
&
Agenda de Eventos aqui.

CRÔNICA DE AMOR POR ELA
Veja aqui e aqui.

CANTARAU: VAMOS APRUMAR A CONVERSA
Paz na Terra: 
Recital Musical Tataritaritatá - Fanpage.
Veja  aqui e aqui.


TODO DIA É DIA DA MULHER – Dando continuidade na campanha Todo dia é dia da mulher, trazemos hoje as homenageadas do mês de setembro 2015.



Veja mais aqui.



GALEANO, BOLDRIN, FLORA PURIM, CAMPBELL, JACI BEZERRA, BRAGINSKY, ADONIRAN, INGRID PITT, RESILIÊNCIA & QUIPAPÁ

A ESCRITURA DO VISINVISÍVEL – A arte do pintor ucraniano Arthur Braginsky . – O que vejo a lágrima embaça porque tudo é muito adverso e av...